Home / Saúde na terceira idade / Projeto musculação para idosos

Projeto musculação para idosos

A importância de praticar exercícios físicos está cada vez mais consciente dentro da sociedade, isso porque seus benefícios são realmente comprovados. Muitas pessoas relacionam a musculação apenas como algo estético, que fortalece e dá contorno aos músculos, mas essa atividade é muito mais que isso, é, também, qualidade de vida. Por isso ela também é importante e benéfica para os idosos. Conheça o projeto de musculação para idosos.

Já foi o tempo que a terceira idade era vista como inativa, que vive na cadeira de balanço falando sobre o dia. Hoje, os idosos estão voltando a praticar exercícios físicos porque sabem que eles são importantes para a saúde.

Projeto de musculação para idosos

O projeto de musculação para idosos é elaborado por personais trainers especializados em musculação da terceira idade. O acompanhamento com um profissional é essencial, pois qualquer instrução errada pode ser problemática.

Enfim, a musculação para idosos ela se difere nos treinos, na intensidade e no tempo dos treinos convencionais que são dados para pessoas mais jovens.

Primeiramente, é importante saber que carregar muita carga não é algo recomendado para pessoas muito idosas, pois isso pode proporcionar problemas nas juntas e causar muitas dores.

O ideal é se concentrar na repetição de série, que deve ser feita com um peso leve e em maiores quantidades, sem que haja muito esforço. O intuito é fortalecer a musculatura e as articulações.

Outra coisa recomendada é evitar o uso de aparelhos muito complexos, pois além de eles já possuírem um peso grande (mesmo quando as anilhas não são adicionadas), quando o idoso entra no “modo automático” pode ser perigoso.

Como assim? Cada exercício tem a sua maneira correta de ser elaborado, quando fazemo-los nas máquinas acabamos ficando um pouco desatentos.

Para o idoso isso é extremamente perigoso, pois a realização de um exercício errado pode proporcionar dores que persistam por semanas – ou até meses.

Então é melhor que a musculação para idosos tenha uma ficha com exercícios que trabalham com pesinhos ou caneleiras.

O tempo dentro da academia também é limitado, pois o idoso se cansa mais rapidamente e a exaustão também não é recomendada. De trinta a quarenta minutos já é um tempo razoável.

Aeróbica na musculação para idosos

A aeróbica precisa fazer parte do projeto de musculação para idosos, pois ela traz muitos benefícios para o sistema imunológico, cardíaco e respiratório, os quais, normalmente, o idoso tem complicações.

Não é necessário fazer muito tempo de exercícios aeróbicos, muito menos em alta intensidade, o mais recomendado são períodos de 15 a 20 minutos, sempre em um ritmo agradável.

Para os idosos que possuem problemas nas articulações, a bicicleta e o elíptico são dois aparelhos sugeridos, pois eles diminuem o impacto do joelho e fazem tão bem quanto a esteira.

Acompanhamento médico e profissional

É essencial que o idoso sempre mantenha um acompanhamento médico enquanto estiver realizando a musculação.

Checar se tudo está dentro dos conformes e fazer uma comparação entre os exames antes e depois da musculação pode ser algo bem interessante.

A respeito do profissional de educação física, como já foi dito, ele precisa sempre estar acompanhando o aluno, pois os idosos requerem um pouco mais de atenção.

Se houver condições, a pessoa pode contratar um personal trainer particular para elaborar um projeto de musculação para idosos. Ou até mesmo juntar um grupinho de amigos para ser fiscalizado por ele.

Enfim, a musculação para idosos é, de fato, benéfica e pode melhorar a qualidade de vida de formas inimagináveis. Mas para que todos esses benefícios sejam atingidos sem complicações é necessário acompanhamento profissional.

Sobre rafael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *