Home / Vida saudável / Quantas vezes por semana o bebe pode fazer natação?

Quantas vezes por semana o bebe pode fazer natação?

A natação é uma excelente atividade física. Ela trabalha o corpo todo e traz inúmeros benefícios tanto para adultos quanto para as crianças. Entretanto, alguns pais ainda têm duvidas quanto à frequência ideal necessária para que seu filho possa usufruir de tudo que esse esporte pode proporcionar. Afinal, quantas vezes por semana o bebê pode fazer natação?

É preciso haver consistência

Não há um consenso quanto ao número de aulas ideal. Entretanto, as crianças são criaturas de hábitos e encontram segurança em ter uma rotina. Ao aprender a nadar, possuir uma consistência na frequência às aulas é também benéfico porque pode ajudar a reforçar as habilidades de natação ensinadas e aumentar a memória muscular.

Se você puder se comprometer com duas ou três aulas por semana, a capacidade de natação, o conforto, o progresso e a retenção de habilidades de seu filho certamente serão acelerados. Mas se você achar que essa frequência não se encaixa na sua agenda comece com uma aula por semana e se comprometa a aparecer todas às vezes.

Então, quando houver mais tempo disponível você pode adicionar uma segunda aula semanal e fazer o mesmo compromisso. Isso ajudará o seu filho a ter a consistência de que ele precisa, fazendo com que se adapte melhor e mais rápido as técnicas ensinadas.

Não interrompa durante determinadas épocas do ano- Quantas vezes por semana o bebê pode fazer natação

É comum muitos pais só levarem os filhos as aulas de natação na primavera e no verão, já que está muito frio em outras épocas do ano. Mas pular algumas semanas ou meses de cada vez pode ser realmente prejudicial para o seu filho aprender a nadar e desenvolver suas habilidades aquáticas.

Mais uma vez, as aulas de natação para crianças só são realmente bem sucedidas quando as crianças vão regularmente. Um mês ou dois longe da natação pode parecer uma eternidade para uma criança, e também podem resultar em perda de memória muscular, habilidades técnicas perdidas (ou reduzidas) e um menor conforto em torno da água quando retornar.

As piscinas costumam ser aquecidas e por isso, o clima não influência tanto nas aulas, portanto, não se deixe abater e nem desanime no inverno.

A frequência é também algo pessoal

Por fim, é sempre importante lembrar que deve haver uma individualização quando se trata de desenvolvimento infantil. Uma criança provavelmente florescerá mais em aulas de natação duas ou três vezes por semana.

Mas se você ou o seu filho pequeno tiverem uma agenda lotada e não puderem manter tantas aulas, você deve sempre seguir seu ritmo. É importante que ambos estejam confortáveis e encarem as aulas como uma forma de divertimento e um momento de descontração e não apenas como uma obrigação.

A regra geral é que, quanto mais o seu filho puder frequentar as aulas, mais rápido ele progredirá e reterá o que está aprendendo. Entretanto, de nada adianta realizar várias aulas se você e o seu bebê estarão cansados e não conseguirão aproveitar o momento juntos.

Quantas vezes por semana o bebê pode fazer natação é algo variável. Por isso, não se cobre tanto. O mais importante é observar seu ritmo e de seu bebê e manter consistência com a frequência semanal a que se dispôs a ir.

É sempre importante lembrar que para realizar uma aula de natação para bebês o mais indicado é que se procure um local que seja sério e com profissionais devidamente capacitados para orientar as atividades e brincadeiras e assim ajudar no progresso do seu filho.

 

Sobre rafael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *